Livro aborda a relação da casa com os seus moradores

Escrito pelo designer de interiores e pesquisador Fábio Galeazzo, obra apresenta um tema inédito sobre o exercício da decoração como um processo de autoconhecimento e de resgate da criatividade

Durante a pandemia, o isolamento nos fez refletir sobre a casa como um lugar de afeto e conexão criativa com o mundo, e desde então o gosto por decoração e design de interiores tem se ampliado pela facilidade do acesso on-line a produtos e informações. Mas afinal o que nos faz investir tanto tempo, atenção e dinheiro na escolha de cada objeto e peça de mobiliário para a nossa casa? Ou melhor, por que decoramos?

Com o intuito de responder essas perguntas, o designer de interiores premiado internacionalmente Fábio Galeazzo escreveu “O designer que habita em nós”, obra lançada pela Editora Senac São Paulo. Para ele, “nós nunca moramos tanto” ao mesmo tempo que ainda não nos demos conta do protagonismo que a casa pode ter em nossas vidas como um espaço de resgate da identidade, expressa por meio dos móveis e objetos que a decoram.

O livro explora a construção simbólica entre a nossa maneira de habitar e a psiquê, convidando-nos a refletir sobre temas como a colaboração, o amor, a sustentabilidade, a beleza, o ecocentrismo e a nossa relação com o cosmos.

Por meio de uma linguagem leve e fluída, são sugeridos caminhos e inspirações capazes de despertar no leitor um senso crítico-estético, a fim da decoração deixar de ser uma ação passiva limitada a ideias prontas, para tornar-se uma ferramenta de conexão interior, tendo como matéria prima as próprias histórias que carregam consigo.

“A casa é o espaço físico, a área em que moramos, delimitada por paredes. Mas ela é também a extensão do nosso corpo, é parte de nós – o mundo em que vivemos. Interiorizada, ela nos acompanha em nosso caminho pela vida.’”

A decoração parte, em muitos casos, das memórias, itens remetentes à infância ou que fazem menção a um momento bom. De acordo com Fábio, existe um diálogo interno estabelecido entre a casa que habita dentro de cada um de nós e o lugar onde moramos, estabelecido desde os primeiros dias da nossa vida.

São histórias que guardam imagens nutritivas que nos permitem reconhecer quem somos, para a partir delas revisitar e ressignificar vivências e hábitos adquiridos, tendo como base a nossa relação com a própria casa.

“A ideia do livro partiu de uma pesquisa de mestrado que se iniciou após uma viagem para uma palestra na China, na qual respondi muitas perguntas sobre a relação das pessoas com suas casas. Isso ficou na minha mente e me levou a perceber um novo caminho para a decoração: o design de interiores, como uma jornada interior, indo além da cultura do hedonismo e do viver bem, possibilitando um mergulho em si mesmo”.

Além disso, o livro desafia os limites da decoração, oferecendo um olhar provocativo sobre o verdadeiro significado de se sentir em casa, tornando o design de interiores um poderoso instrumento de autoconhecimento e de autodesenvolvimento.

Alicerçado a partir de conceituadas referências bibliográficas nas áreas de antropologia, arte, arquitetura, criatividade, design, design de interiores, design estratégico, empreendedorismo, geografia, filosofia, história, psicologia e neurociência, a obra vem de encontro a esse momento único na história da casa, promovendo o resgate de sentimentos esquecidos e por vezes desconhecidos, ao mesmo tempo que questionará valores de consumo.

Para Fábio, decoramos pelo desejo de mudança e pelo prazer de nos expressarmos criativamente no mundo por meio dos benefícios da experiência estética levando-nos a uma jornada de autoconhecimento e criatividade.

“Ao longo de meu trabalho com clientes, tenho testemunhado como cada etapa na transformação de uma casa desencadeia processos profundos de resgate de sonhos e revisitação de histórias, permitindo aos moradores expressarem sua criatividade e moldar ambientes que refletem sua verdadeira essência. Apoiado nelas, elaboravam novas histórias, encontrando na decoração a possibilidade de expressar a criatividade e, por meio dela, moldar ambientes que os tornem orgulhosos de si mesmo e, consequentemente, mais livres,
bem-humorados, seguros e organizados na vida pessoal e no trabalho”.

Serviço: “O designer que habita em nós”

Editora Senac São Paulo

Preço: R$ 80

Onde comprar: https://www.editorasenacsp.com.br/livro/designer-habita-em-nos

Sobre Fábio Galeazzo

Fabio Galeazzo é designer de interiores e pesquisador independente das interfaces de conexão entre as pessoas e os ambientes. Mestre em criatividade e inovação pela Universidade Fernando Pessoa em Portugal, tem MBA em Design Estratégico pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM/SP) e uma pós-graduação em Psicologia Transpessoal pela Unipaz/SP. Além disso, é consultor de empresas das áreas de bem-estar, beleza e decoração e mobiliário. Inclusive, o estúdio de design de interiores e desenvolvimento de produtos que dirige foi destacado entre os 100 escritórios criativos mais importantes da America Latina pela revista Architectural Digest. Recebeu o Prix Versailles Continental, prêmio francês chancelado pela Organização das Nações Unidas para a Educação a Ciência e a Cultura (Unesco) aos profissionais de design de interiores que atual em prol do desenvolvimento sustentável. Além disso, representou o Brasil na Braderie de l’Art (BDA), o maior festival de reciclagem do mundo, na França. Participou também, como palestrante convidado, na cidade de Hangzhou onde apresentou seus projetos e metodologia criativa.

Sobre a Editora São Paulo

Desde 1995, a Editora Senac São Paulo publica conteúdos voltados ao desenvolvimento profissional nas áreas de Gastronomia, Moda, Educação, Beleza e Estética, Turismo e Hospitalidade, Comunicação, Marketing, Design, Arquitetura, Saúde e Tecnologia da Informação. Hoje, seu catálogo possui mais de 1.000 títulos, presentes em todas as plataformas e livrarias.

A atuação da Editora reafirma o propósito compartilhado com o Senac São Paulo que é o de disseminar, por meio de suas publicações, conhecimento para o trabalho em atividades do comércio de bens, serviços e turismo, sempre visando desenvolver profissionais com autonomia, sem perder de vista valores como a ética, o compromisso social, a inovação e o desenvolvimento sustentável.

** A opinião expressa neste texto não é necessariamente a mesma deste site de notícias.

© 2023 Fashion Like | A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.